Blog

Blog

Procura-se um motivo para as minhas ações

terça-feira, 13 de 09, 2016
Tags: conselhos, dicas, em busca, geração Y, Jovem, juventude, problemas, propósito

Assim como Marlin procurando o Nemo e a Dory procurando sua família, eu sei que você aí está procurando algo significativo também, o seu propósito de vida. Atualmente, a gente tem tanta coisa pra fazer, tanta coisa pra escolher, que sentimos necessidade de ter um critério que guie nossas ações. O principal deles, provavelmente é o tal do propósito.

Propósito é como se fosse o mágico “SENTIDO DA VIDA”.

Porém, levo você a pensar, será que não existe uma romantização desse conceito? Ele realmente será a ferramenta que moldará nossas vidas e resolverá nossos problemas?

Não funciona bem assim. Essa coisa de propósito está nos deixando loucos e sabe por quê? Por que ninguém (tá bom, talvez alguém, mas é uma minoria) consegue descobrir o que vai motivar sua existência pra sempre, principalmente aos vinte e poucos anos. O ser humano é mutável e de mudanças que construímos nossa história.

Hoje, fala-se tanto que o jovem quer ter um trabalho com propósito, por exemplo, mas na verdade o significado real disso tudo é: desejamos descobrir o que é importante pra gente e fazer o possível para investir nosso tempo e dinheiro nessa coisa. Olha como pensando dessa forma a carga de ansiedade sobre o assunto reduz um tanto.

Antes do “boom” da era digital e do famoso excesso de informação, saber o que é essencial para levarmos uma vida bacana parecia estar mais bem definido pra todo mundo. Já foi a ideia de ter uma família ou uma carreira consolidada e agora com tantas facilidades e possibilidades parece ser um pouco mais difícil de definir.

Então, como faz? Como descubro o que é importante pra mim e pra construção do meu futuro? Você vive e descobre a cada dia! Com flexibilidade e se dando o direito de encontrar novos motivos para realizar coisas grandiosas e seguir em frente. É difícil? Sim, já que um monte de estudos têm apontado que no kit “jovem século XXI”, encontram-se inclusos os itens ansiedade e imediatismo. Bem, mas não adianta ter pressa, você não vai saber a sua missão na Terra e a razão da sua existência do nada.

Assim, continue na sua busca cotidiana tendo consciência que as peças do seu Lego vão se encaixar aos poucos, sem desespero e dentro da filosofia de uma grande pensadora contemporânea: “Continue a nadar” – DORY.

Contato

Em que podemos ajudar?

Cancelar