MENU
PT-BR
MENU
PT-BR

Bruna Mascarenhas, autora de vários livros sobre employer branding debate com nosso VP de Projetos, João Raia sobre ESG na prática, evitando os famosos "washings". Confere o papo completo!

Bruna Mascarenhas, autora de vários livros sobre employer branding debate com nosso VP de Projetos, João Raia sobre ESG na prática, evitando os famosos "washings". Confere o papo completo!

RESUMO DA I.A.

  1. Gupos de afinidade são importantes, mas só se forem usados de forma eficaz. Eles podem ser uma ferramenta poderosa para aumentar a conscientização e a compreensão da diversidade e da inclusão, mas só se as empresas estiverem dispostas a ouvir e agir com base no feedback que recebem.


  2. Bruna comenta que a marca empregadora deve ser mais do que apenas uma declaração de missão ou valores. Ela precisa ser operacionalizada em todos os aspectos da experiência do funcionário.


  3. João comenta que marca empregadora deve ser um reflexo da cultura e dos valores da empresa.


  4. Use todos os canais de comunicação para compartilhar a marca empregadora com os funcionários e candidatos.


"O trabalho de employer branding é um trabalho de muita empatia"

"O trabalho de employer branding é um trabalho de muita empatia"

Bruna Mascarenhas, professora e expert em Employer Branding

Bruna Mascarenhas, professora e expert em Employer Branding